Conversa de Bar

janeiro 16, 2009

Faz mais ou menos seis meses que não posto porra nenhuma por aqui. Aparentemente, dúzias de trouxas continuam a acessar o site diariamente (cerca de 50, acreditem), na vã esperança de que novos textos apareçam. Durante um semestre, minimizei a responsabilidade que tenho de tornar o mundo um bom lugar para se viver, deixando de redigir aqui as pequenas anedotas e sentenças de humor sarcástico, desesperança e incorreção humana.

Ontem tive uma longa conversa de bar. Uma daquelas, de sempre, sem rumo, sem objetivos, mas cheia de tiradinhas-relâmpago que causam focos isolados de risos entre os amigos. Muitos me perguntaram a respeito da continuidade deste site – como todo bom blogueiro, usei o subterfúgio da falta de tempo. Falhou.

Nos dias vindouros abordarei novos casos, crônicas e fatos cotidianos os quais me acometeram neste semestre de folga. Ontem mesmo os principais temas abordados incluíram a Palestina (uma praia sem quiosques, onde ninguém usa biquini) e Angola (único país do mundo a possuir maior número de habitantes do que de pernas).

Não fiquem tão esperançosos. Provavelmente meu retorno é apenas um momeno de fraqueza emocional acompanhado de sorrateira necessidade de atenção. Mas enquanto não passam, acessem e façam do mundo um bom lugar para se viver.

Anúncios

One Response to “Conversa de Bar”

  1. Pândego Endiabrado Says:

    só faltou umas cervejinhas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s